4 de outubro de 2012

Confesso:

Confesso: parecer-me a ti é mais
Honroso que parecer-me ao meu favorito pai
Somos mulheres e disso decorre
Uma obrigação corporativista de presteza

Menos por ela, mais pela admiração
velada entre espasmos de raiva
de tamanha identificação, ai, mãe
Como é toda tua minha beleza!

Nenhum comentário:

Postar um comentário