26 de outubro de 2012

chatinha chatinha

Vejo-te vir calmamente
Vem com o vento silente
Venho te ter veemente
Vela vestindo a gente

Peço-te pano pra pranto
Peço-te porção pro santo
Peço-te ponha-te um tanto
Perto de mim cá no canto

Quero-te coisa concreta
Quero-te tosco e esteta
Quero-te ilha deserta
Quente, carente e quieta

Nenhum comentário:

Postar um comentário