23 de julho de 2015

patrimônio

do espólio das minhas tradições familiares neoburguesas
o azar cuidadoso 
reservou-me a seguinte pedraria:

1. um interesse platônico pela elegância
e seu correlato prático: a vulgaridade
2. a preguiça descarada pelo estudo da história das artes
3. a extravagância elogiosa, também conhecida por falsidade
4. a empatia absoluta e desconsolável pelos pobres; e sua faceta racial, o gosto direto e desafetado pelos pretos
5. a paranoia autorrealizadora de rejeição
6. a responsabilidade fiscal
7. a arrogância dos reis de castelos de papel
8. o repertório vocabular polido apesar de restrito
9. e o apreço protestantente, irremediável, às listas

é provável que meu irmão tenha ficado com a parte menos embolorada das toalhas

Nenhum comentário:

Postar um comentário